Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

My Cute Panda Life

Be simple. Be original. Be yourself.

My Cute Panda Life

Vou estar de "férias"

Hey there!!

Eu sei que ultimamente não tenho vindo ao blog, e infelizmente, não virei aqui de novo muito frequentemente nas próximas duas semanas.

Primeiro estou com umas questões pessoais que preciso de resolver, e depois digamos que vão haver muitos aniversário que se cruzam com os testes e eu preciso de subir, porque convenhamos, as minhas notas, comparadas ao que algum dia foram, estão uma porcaria.

Além disso, eu preciso de subir a Matemática porque estou com um suficiente e preciso de subir a Físico-Química urgentemente porque estou com um teste negativo.

Espero que compreendam o meu lado, e assim que esta onda toda acabe prometo fazer mais posts e tentar trazer o máximo de conteúdo possível, e como é claro, de boa qualidade.

 

Nunca pensei, mas adorei!

Hey there!! Depois de uma semana muito cansativa, cá estou eu com um post acerca de música.

Tenho ouvido falar imenso da Melanie Martinez, nunca parei para ouvir mesmo as músicas dela, até há uns dias.

Estou muito viciada na "Dollhouse" porque acho que passa uma simbologia bastante forte.

Fala sobre uma miúda que tem uma família que tenta intensivamente mostrar à sociedade que é perfeita, mas que entre quatro paredes está cheia de problemas. O pai tem outras mulheres, a mãe sabe e embebeda-se, e o irmão fuma droga. 

Eu adorei esta música e ouço-a imensas vezes ao dia, porque penso que é uma realidade vivida por muita gente, e eu gosto disso, o facto de o terem passado para uma música e mostrado que o mundo não é cor de rosa.

Deixo aqui a música para quem ainda não ouviu a música:

 

 

Dia da Mulher. Sim e então?

Toda a gente sabe que sou uma feminista de mão cheia, mas não vou aplaudir o Dia da Mulher, porque o que para muitos pode ser um grande avanço para o reconhecimento da igualdade das mulheres, para mim não basta de uma data que marca a morte de mulheres queimadas numa fábrica porque estavam a manifestar-se devido às más condições de trabalho.

Todo o santo ano falamos do mesmo, dia 8 de março é dia da mulher, mas e o resto dos dias? Não contam? Os outros 364 dias não contam? Para mim não faz muito sentido. Afinal, até este dia e depois, e quem sabe no próprio, milhares de mulheres são vítimas de discriminação salarial, mas o que para mim é mais preocupante que o dinheiro, é que milhares de mulheres sofrem de violência doméstica, e não é o dia 8 de março que vai mudar isso.

Recentemente, houve uma grande polémica com o caso do eurodeputado polaco (eu não me estou a lembrar do nome dele), o homem que para quem não ouviu falar, disse com todo o orgulho que as mulheres são mais fracas e menos inteligentes que o homem. 

Por muitos a mulher é vista como fraca, mas isso não corresponde à verdade, e as mulheres que vivem na miséria e fazem de tudo para alimentar os filhos? E aquelas que sofrem de violência doméstica e aguentam caladas? Essas mulheres são mulheres fortes! A força não é apenas física, como muita gente que anda para aí pensa, mas sim psicológica, nós somos mais fortes que o que pensamos, quem suporta situações difíceis é forte!

Nós não somos menos inteligentes, não somos estúpidas ou burras, podemos fazer-nos de tal, para ignorar certas situações, fugir a confusões ou porque não nos queremos manifestar, mas nós percebemos o que se passa e é por isso que hoje em vão havendo cada vez mais mulheres em cargos importantíssimos ligados à ciência, às artes, à política, às letras e à música.

Cada pessoa tem a sua identidade, as suas caraterísticas, as suas qualidades e defeitos, não importa a sua classe social, o seu poder económico, a sua altura, a sua idade, a sua etnia, ou o seu sexo, cada um é como é.

Por isso apelo que façamos, não só dia 8 de março, mas os restantes dias do ano, dias da mulher, e claro, do homem, porque não podemos criticar pessoas que cometem e apoiam atos injustos, e fazermos o mesmo. Tratemos toda a gente por igual, sempre, somos todos habitantes do mundo, todos merecemos ser tratados com igualdade.

 

 

Visita à Secundária

Hey there!! Andei mais desaparecida porque estive doente e porque tive que estudar as matérias em atraso, coisa que ainda tenho que continuar a fazer, mas pronto. 

Hoje trago-vos um post de um acontecimento mesmo muito fixe que se passou hoje: a ida a uma Escola Secundária.

Para quem não sabe eu estou neste momento no 9º ano, mas a minha escola é apenas básica, e a Secundária ao lado da minha escola contém 3º ciclo também, logo nunca fui mesmo a uma Secundária a sério.

Fomos de camioneta, todos muito animados e mal chegamos fomos muito bem recebidos pelo pessoal de turismo. Dividiram-nos todos em grupos de 15, o meu foi só de raparigas e primeiro dirigimo-nos ao bloco A.

A primeira sala a que fomos foi de Espanhol, onde ouvimos apenas algumas músicas cantadas e compostas por mulheres de países cuja língua oficial é o espanhol, o que foi mesmo muito fixe.

Em seguida fomos para a sala que eu tanto queria visitar: a sala de Alemão. Mal entramos fomos surpreendidos por duas professoras  que começaram a falar-nos em Alemão. Imaginem então a nossa reação, éramos burras a olhar para um palácio. Jogamos uns jogos e à saída deram-nos folhas com informações sobre a língua e sobre o curso de Humanidades, além de nos terem dado sumo de maçã e waffles com nutella.

Finalmente, fomos para aquela sala em que se instalou o riso, que foi a sala de Português, visto que encontramos uma amiga nossa e houve uma leitura de um poema com uns gestos um tanto quanto... expressivos, além de um pequeno teatro bastante giro, claro que foi tudo feito pelo pessoal de Artes do 12º ano.

Acabando com o bloco A, fomos para o bloco B, onde ficam os laboratórios, onde vimos diversas experiências, e as salas de desenho com desenhos fenomenais, e por fim, a minha sala favorita: a sala da multimédia.

Nessa sala um dos meus sonhos foi realizado, eu tirei uma foto com o Jamie Dornan, para quem não sabe, o Christian Grey. Fiquei mesmo feliz, eu e uma amiga minha de cada lado e ele no meio, foi mesmo giro, uma euforia desgraçada mesmo!

A escola é mesmo muito gira e toda a gente pareceu mesmo simpática, diverti-me bastante e gostei mesmo muito!

Mal posso esperar por ir para o Secundário, apesar de aquela nunca vir a ser a minha escola, eu mal posso esperar para ir para o 10º ano.

 

TV Show Review | Riverdale

Hey there!! Como já confessei eu estou absolutamente viciada nesta série, neste momento estou a seguir regularmente. A minha história com Riverdale é absolutamente estranha, visto que eu sabia quando ia estrear a nova série, mas no entanto, só há algumas semanas decidi vê-la a sério.

Quando estreou, eu decidi ver, no entanto, como era tarde eu não acabei o episódio e achei meio secante, ainda assim, semanas depois, após as minhas amigas falarem tão bem da série eu decidi ver de novo para tirar a prova dos 9. Resumindo e concluindo, eu vi o 1º, o 2º, o 3º... fiquei mesmo uma viciada em Riverdale.

Esta série foi inspirada numa banda desenhada, e conta a história da tragédia que abateu a cidade de Riverdale: a morte de Jason Blossom. Ele foi assassinado, no entanto, não se sabe por quem. A história gira à volta de um grupo de amigos constituído pelo Archie Andrews, pelo Jughead, pela Betty Cooper e pela Veronica Lodge, no entanto, anda muito à volta das suas família e da família Blossom, falando muito especificamente na Cheryl, a irma gémea do Jason.

Até agora, as minhas personagens favoritas são a Betty, que é aquela menina tímida e reservada que toda a gente adora, o Jughead, que é o rapaz misterioso que está a escrever um livro sobre a história toda (fãs de Zack & Cody, corram se ainda não viram, porque um dos gémeos é o Jughead, qual? Não sei, têm que ver), o Archie, o jogador de football e o apaixonado pela música, e a Veronica, que é a rapariga que acabou de chegar a Riverdale com a sua mãe e que é bastante gira e na minha opinião, um pouco cómica.

Eu tenho algumas suspeitas sobre quem matou o Jason, mas não as vou partilhar aqui, senão perde um pouco a piada. 

Eu aconselho a 100%, se ainda não viram, eu penso que deviam mesmo porque tem aquela onda de mistério (esta parte associo muito às fãs de Pretty Little Liars, que também acompanham ao longo da série o processo da descoberta da identidade da -A), tem algum romance, algum drama (não pensem que é como Gossip Girl, porque não tem nada a ver), amizade acima de tudo (já sabem que há sempre aqueles amigos inseparáveis e aqueles parceiros do crime que descobrem as coisas mais importantes), mas ao mesmo tempo fala de situações com que muitos adolescentes se podem identificar.

 

Tag | Me Time

Hey there!! Decidi trazer-vos esta tag que já tenho visto no Youtube e em alguns blogs. Esta tag fala de nós próprios em si, o que acho que é bastante interessante! Mas sem mais demoras, vamos lá à tag!!

 

O que vês/lês durante o teu tempo livre?

Eu não sou muito uma pessoa de ler, aliás, é algo em que falho e quero melhorar. No entanto, eu adoro ver séries, nomeadamente Shadowhunters, Teen Wolf, e mais recentemente, The Vampire Diaries e Riverdale.

 

O que é que usas durante o teu "Me Time"?

Durante o meu "Me Time" uso sempre um pijama, é confortável e quente (falando nesta altura do ano), o que me faz sentir mais aconchegada e num mood mais chill.

 

Quais são os teus produtos de beleza do "Me Time"?

Eu não tenho produtos de beleza para aplicar, digamos que sou muito desleixada nesse campo, no entanto, numa onda de produtos de beleza ando viciada no meu shampoo, é da farmácia e um pouco caro, mas é muito bom e deixa o meu cabelo num estado fantástico! Posso também dizer que estou a usar um óleo de pele, o BioOil, de forma a remover zonas escuras da pele e algumas estrias que tenho.

 

Verniz favorito?

É assim, eu não sou muito de pintar as unhas, elas partem-se, o verniz lasca, sai todo e tenho logo que pintar ou então tirar para não ficar feio, mas quando tiro tenho que pintar porque fica tudo horrível.

 

O que é que tu comes/bebes durante o teu "Me Time"?

Costumo beber leite com chocolate, se for verão frio, se for inverno quente, sabe-me muito, muito bem!

 

Vela favorita?

Não tenho uma vela favorita, na verdade, não sou uma pessoa de velas.

 

Tens um "Me Time" lá fora?

Sim, tenho. Muitas vezes, quando vou para a escola, aproveito para passear um pouco e por isso vou dar uma volta por um jardim perto de minha casa, gosto de ficar lá, sabe-me bem.

 

Já foste ver um filme sozinha?

Não, nunca fui ao cinema ver um filme sozinha, mas já vi muitos sozinha em casa. Quanto a ir ao cinema sozinha, talvez devesse experimentar um dia. Me, myself and I. As pipocas e as bebidas seriam todas para mim, sem partilhar com ninguém!

 

Loja online favorita?

Eu não sou uma pessoa de fazer compras online, no caso da roupa, porque gosto sempre de a experimentar, no caso de outro tipo de coisas, simplesmente porque nunca calhou, sei lá.

 

E pronto, basicamente foi esta a tag, se quiserem fazê-la, sintam-se à vontade, eu ia adorar ver as vossas respostas!!

 

O que é que as pessoas vão pensar?

Vais pintar o cabelo? Já pensaste no que as pessoas vão pensar? Sim, porque nem todas dizem o que pensam, mas o certo é que lhes passa pela cabeça aquela opinião, que pode ser positiva ou negativa.

Vais para Artes? Já pensaste o que as pessoas vão pensar, afinal, não vais para Ciências, não vais ser Dr(a)!

Queres ser realizadora? Já pensaste sobre o que vão pensar de ti? O que podem até dizer sobre ti? Muitos vão dizer-te para arranjares uma profissão de jeito.

A sério que queres fazer aquela pose? Já pensaste o que vão pensar que és? Meu deus, ainda te comentam coisas a insultar!

A sério que vais comer isso? Queres que pensem que só comes e que és uma autêntica baleia?

Com isto não quero demover ninguém dos seus objetivos, apenas tenho que vos fazer uma pergunta. Para quê importarmo-nos tanto com o que os outro dizem?

O que é que no futuro isso vai contribuir para o nosso sucesso, ou insucesso? Nada! Se pensarem que és uma convencida, isso vai mudar aquilo que tu sabes que és?

Sim, não fui para Ciências, se calhar hoje estou melhor na vida que muitos colegas que foram para esse curso! Não tem nada a ver!

Sim, pintei o cabelo. Mas qual é o problema? Isso interfere na rotina diária de alguém? Opá, toda a gente tem o direito à sua opinião, mas quem disse que eu sou obrigada a satisfazer os vossos pedidos e a pensar como vocês?

Toma as tuas decisões. Toma as tuas decisões única e exclusivamente pela tua cabeça. Não importa o que os outros pensam ou dizem, não importa se são contra ou a favor, o que importa és tu, o que tu queres ser/fazer, a tua felicidade é o que no fim das contas realmente vale! Não desistas, nunca. 

É difícil? Talvez, mas ninguém disse que ia ser fácil, e se te disseram, desculpa, mas mentiram-te! São muitos obstáculos, mas tudo tem um fim, e se não deu por aquele caminho, é porque mais à frente haverá outro e dará certo, vai sempre haver um caminho, o TEU caminho. Não ligues ao pai, à mãe, à avó, à irmã, ao irmão, ao tio, à vizinha, à amiga da tua mãe, ao professor. O teu caminho és tu que o traças, os outros têm os deles.

Não há certos ou errados, não há definitivos ou garantidos, tudo o que é ganho pode ser perdido, tudo o que nos é dado, pode ser tirado, é a vida, mas é tua, não é dos outros.

Continua. Tropeça. Levanta-te. Magoa-te. Esfola-te. Parte-te. Corre. Acelera. Caminha. Alcança. Festeja. Descansa. Mas acima de tudo, diverte-te e faz as tuas decisões.

 

Não há coisa melhor!

Estou eu aqui no meu quartinho a preparar-me mentalmente não só para Educação Física, como para o resto das outras disciplinas, até que dou um pulo de felicidade.

Acontece que no horário oficial eu tenho tarde livre quer à quinta-feira, quer à sexta-feira, no entanto, quinzenalmente tenho 45 minutos de PEP (Preparação para o Exame de Português), mas adivinhem só! Esta semana o meu turno vai ter as duas tardes livres!

Santa 5ª-feira, you wait for me, you too 6ª-feira, I'm coming for you!!

Coming Up

Tenho aqui umas novidades para vos dar, passam por decisões, projetos e objetivos quanto ao blog, visto que, ultimamente estou motivada e penso que com uma melhor organização poderei vir aqui mais vezes.

Ando a trabalhar em novas rubricas, não posso dizer muito por enquanto, mas eu acredito que vocês gostassem de a ver porque tem a ver com a minha vida, ou seja, o que se vai passando por estes lados. Tenho que decidir de quanto em quanto tempo a vou fazer, o dia em que a publico e como vou apresentá-la por este lados.

Estou a trabalhar num post que vai abordar muita coisa e que creio que poderá ser interessante, eu estou a adorar escrevê-lo e mal posso esperar para que o vejam porque apesar de já ter sido um assunto abordado, sinto que lhe faltou muito desenvolvimento, e como pelo feedback que recebi, vocês gostaram, então vou investir neste post muito tempo, fazendo de tudo para que fique impecável!

Além disso, estou a trabalhar na aparência do blog, quero fazer algo simples, confesso que está a ser um pouco complicado, mas com esforço e paciência eu chego lá e vou fazer algo como pretendo.

Espero que acompanhem esta nova fase e bem, sintam-se à vontade para fazer parte dela, qualquer sugestão ou algum post, até mesmo um conselho que precisem, estou aqui sempre para ouvir o que têm para me dizer e/ou perguntar!

Pág. 1/2

Quem está deste lado?

Uma adolescente com os seus consistentes 15 anos que sobrevive às adversidades do dia a dia, acompanhada do seu blog, onde conta as suas peripécias e aventuras.

Estudante de secundário durante o dia, blogger durante a noite. Uma apaixonada pela escrita de todo o tamanho. Pensadora nata. Eterna sonhadora.

Para muitos um livro aberto, para outros um mistério por resolver.

Intrigado? Fica por estes lados e talvez desvendes o mistério.

Apresentação Visual

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D