Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

My Cute Panda Life

Be simple. Be original. Be yourself.

My Cute Panda Life

Porque é que o mundo é de papel?

Pequenas coisas fazem a diferença. É uma verdade. O problema é que se apenas tivessem lido a primeira frase toda a gente pensaria numa situação positiva, mas infelizmente não é dessa possibilidade que venho falar, venho falar do reverso, do lado negativo.

Hoje em dia cada vez mais compreendo que poucas são as pessoas que têm sentimentos, que têm um cérebro e que sabem o que é certo e errado, e dessas poucas pessoas, apenas um pequenino grupo vê o mundo como ele é na sua maioria: desigual.

É como diz a Margo no livro "Cidades de Papel", a atualidade é feita de pessoas de papel, que vivem em ruas de papel, nas suas casas de papel e que trabalham em edifícios de papel. O certo é que ninguém se preocupa com o que realmente importa.

Custa-me que só se preocupem com comprar o estúpido vestido para levar a uma estúpida festa onde as pessoas são mais falsas que sabe-se lá o quê, quando deviam pensar em poupar o dinheiro desse vestido estúpido e gastá-lo no que realmente importa.

Há milhares de pessoas a morrer à fome, nas ruas, têm noção de quantos pães podiam comprar para poder matar a fome de certas pessoas? Ok, não dava para acabar com a fome no mundo, mas era um pequeno gesto que significava alguma coisa!

Eu sou uma miúda carente, confesso, considero-me um pouco fútil, gostava de ter um namorado, é um facto. Mas de que é que importa o facto do crush não responder à mensagem que lhe mandei? Ou o facto de ser um amor não correspondido? Ou o facto de ser um relacionamento condenado? Não é realmente, verdadeiramente e incondicionalmente importante.

Eu acredito que neste mundo todos temos as nossas escolhas, podem magoar-te, podem gozar contigo, mas tu tens sempre uma palavra a dizer sobre isso, uma escolha e eu apelo agora para que faças a tua!

 

4 comentários

Comentar post

Quem está deste lado?

Uma adolescente com os seus consistentes 15 anos que sobrevive às adversidades do dia a dia, acompanhada do seu blog, onde conta as suas peripécias e aventuras.

Estudante de secundário durante o dia, blogger durante a noite. Uma apaixonada pela escrita de todo o tamanho. Pensadora nata. Eterna sonhadora.

Para muitos um livro aberto, para outros um mistério por resolver.

Intrigado? Fica por estes lados e talvez desvendes o mistério.

Apresentação Visual

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D