Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

É tão divertido!

É tão divertido fazer figurinhas no meio da rua, como atravessar a rua com os braços esticados a gritar "I'M THE QUEEN OF THE WORLD" e dizer "Olá!" aos desconhecidos, e melhor que isso tudo, gritar para a bomba da gasolina e deixar toda a gente a olhar, é de rir, é divertido!

É dançar como doida no meio da rua, ouvir música e cantá-la desafinadamente ao extremo só para rir, já que o faço enquanto canto! É sorrir, ter aquela cara específica, é ser única!

Saída

Hi guys! Tenho andado desaparecida porque fui sair com a Sara, com a Matilde e com a prima da Sara e da os primos delas.

Basicamente, a saída foi muito fixe, eu diverti-me, foi bom rever a Sara e a Matilde, ter conhecido a Joana, o Rafael e o João.

Basicamente, estivemos todos a fugir da Matilde e do Rafael para eles falarem, visto que eles são uns friendzones. Eu entendi-me muito bem com a Joana e com o João, foi muito fixe, andamos a esconder-nos por aí.

Mais tarde reunimo-nos todos, no entanto, a Matilde teve que ir embora entretanto e eu e o João estivemos a dizer ao Rafael para ele se chegar à frente, e ele volta-se para o primo e diz-lhe "Eu não sou como tu, um mulherengo, eu sou fiel", eu voltei-me "Que importa seres fiel aos outros se não és fiel a ti próprio? Ele é fiel a si próprio, logo é fiel". Basicamente o rapaz que eu defendi volta-se e diz "É das minhas! Não vês?".

Achei-o interessante, nós estivemos a falar e somos parecidos, vemos as coisas da mesma forma, temos muito em comum.

No resumo da história, eu diverti-me imenso. Acreditem, esta saída dava um filme chamado "Fugitivos no shopping".

 Este gif resumiu a nossa saída, ou seja, o facto de andarmos a fugir do Rafael e da Matilde.

# 29 British Girl in School: Para de me despentear!

Hi everybody! Apesar de o da ainda não ter acabado tenho mais uma nova para contar, nomeadamente com algo que me irrita imenso e me deixa com os cabelos em pé, e olhem que ao dizer isto não estou a exagerar nada!

come back.jpg

 Os rapazes da minha turma têm a mania de andar a despentear as raparigas (mesmo tendo de andar de rabo de cavalo, ou trança, ou carrapito). Bem, estava eu toda contente no intervalo com os meus amigos quando vem portrás de mim alguém, ou melhor uma personagem a despentear-me toda e dos dois um, ou era o Martim ou era o Felipe. Mais tarde cheguei à conclusão que era o Felipe e depois de me arranjar outra vez (ajeitar o cabelo, mas também a roupa) tentei fazer-lhe o mesmo. O problema é que como ele é mais alto eu tinha de estar em biquinhos de pés e mais horrível é que não o consigo despentear porque o cabelo fica sempre igual (maldito cabelo curto)!

Depois o Martim fez-me a mesma coisa e com isto andei toda a manhã a ajeitar o cabelo, e eu mais uma vez tentei retribuír mas desta vez o problema não foi a altura, foi que o Martim tem muita força, muita mais do que a que algum dia eu vou poder ter.

Além disso toda a gente goza com o penteado que eu levo porque, ao contrário das minha colegas que ou levam tranças ou rabos de cavalo eu faço um carrapito porque como tenho o cabelo curto (coisa que elas não têm) eu apanho e faço tipo uma "bolinha" e ele gozam com isso! Mas eu não me importo porque sei que é na brinca e por isso não me chateio muito, amigos na mesma!

Diverti-me... mas não durou para sempre...

Well, ontem ainda fui ao treino de volley, não é que me apetecesse, mas pronto! Antes do treino eu e uns amigos meus estivemos a jogar todos contentes e felizes da vida, foi divertido! Pela primeira vez este ano jogamos como realmente queriamos e estavamos habituados, eu fartei-me de fazer serviços por cima (muito bem feitos, modestia à parte), remates, blocos e manchetes, assim como os meus amigos! Também joguei mal e alguns colegas de turma ainda me disseram "Para capitã de equipa não estás a jogar lá muito bem!", mas eu não me importei e disse "Isso é porque nunca me viram treinar a sério, além do mais isto é para divertir, não para fazer com rigor!".

Joguei finalmente e senti que tudo estava bem, rimo-nos muito, reclamamos muito e acima de tudo divertimo-nos muito sem ter aquela pressão em cima! O problema foi que não durou para sempre, a treinadora apareceu depois da hora chateada connosco porque não tínhamos ido para o lugar onde temos de a esperar (não sei onde é que isso está escrito, mas pronto) e para piorar eu e a Bárbara não estávamos equipadas e nem com a roupa adquada, estávamos apenas de calças de ganga e eu estava de camisola e casaco sportswear (tipo América, mas eu não sou namorado de nenhum rapaz desportista e não sou menina da claque).

Fui-me equipar e reclamava como sempre. O pior foi que quando começámos a jogar, só por não estar em posição base naquela jogada a treinadora ainda me teve coisas a dizer, e as minha companheiras, que nunca estão e daquela vez não estavam, a elas a treinadora não diz nada!

Eu só sei que a jogar lhe mandei umas 3 bolas (sem contar com as que ela se desviou) durante o treino. Pronto, foi mais um treino do qual eu detestei!

 

 

 

 

Quem está deste lado?

Uma adolescente com os seus consistentes 15 anos que sobrevive às adversidades do dia a dia, acompanhada do seu blog, onde conta as suas peripécias e aventuras.

Estudante de secundário durante o dia, blogger durante a noite. Uma apaixonada pela escrita de todo o tamanho. Pensadora nata. Eterna sonhadora.

Para muitos um livro aberto, para outros um mistério por resolver.

Intrigado? Fica por estes lados e talvez desvendes o mistério.

Apresentação Visual

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D