Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

O que é que as pessoas vão pensar?

Vais pintar o cabelo? Já pensaste no que as pessoas vão pensar? Sim, porque nem todas dizem o que pensam, mas o certo é que lhes passa pela cabeça aquela opinião, que pode ser positiva ou negativa.

Vais para Artes? Já pensaste o que as pessoas vão pensar, afinal, não vais para Ciências, não vais ser Dr(a)!

Queres ser realizadora? Já pensaste sobre o que vão pensar de ti? O que podem até dizer sobre ti? Muitos vão dizer-te para arranjares uma profissão de jeito.

A sério que queres fazer aquela pose? Já pensaste o que vão pensar que és? Meu deus, ainda te comentam coisas a insultar!

A sério que vais comer isso? Queres que pensem que só comes e que és uma autêntica baleia?

Com isto não quero demover ninguém dos seus objetivos, apenas tenho que vos fazer uma pergunta. Para quê importarmo-nos tanto com o que os outro dizem?

O que é que no futuro isso vai contribuir para o nosso sucesso, ou insucesso? Nada! Se pensarem que és uma convencida, isso vai mudar aquilo que tu sabes que és?

Sim, não fui para Ciências, se calhar hoje estou melhor na vida que muitos colegas que foram para esse curso! Não tem nada a ver!

Sim, pintei o cabelo. Mas qual é o problema? Isso interfere na rotina diária de alguém? Opá, toda a gente tem o direito à sua opinião, mas quem disse que eu sou obrigada a satisfazer os vossos pedidos e a pensar como vocês?

Toma as tuas decisões. Toma as tuas decisões única e exclusivamente pela tua cabeça. Não importa o que os outros pensam ou dizem, não importa se são contra ou a favor, o que importa és tu, o que tu queres ser/fazer, a tua felicidade é o que no fim das contas realmente vale! Não desistas, nunca. 

É difícil? Talvez, mas ninguém disse que ia ser fácil, e se te disseram, desculpa, mas mentiram-te! São muitos obstáculos, mas tudo tem um fim, e se não deu por aquele caminho, é porque mais à frente haverá outro e dará certo, vai sempre haver um caminho, o TEU caminho. Não ligues ao pai, à mãe, à avó, à irmã, ao irmão, ao tio, à vizinha, à amiga da tua mãe, ao professor. O teu caminho és tu que o traças, os outros têm os deles.

Não há certos ou errados, não há definitivos ou garantidos, tudo o que é ganho pode ser perdido, tudo o que nos é dado, pode ser tirado, é a vida, mas é tua, não é dos outros.

Continua. Tropeça. Levanta-te. Magoa-te. Esfola-te. Parte-te. Corre. Acelera. Caminha. Alcança. Festeja. Descansa. Mas acima de tudo, diverte-te e faz as tuas decisões.

 

Porque é que o mundo é de papel?

Pequenas coisas fazem a diferença. É uma verdade. O problema é que se apenas tivessem lido a primeira frase toda a gente pensaria numa situação positiva, mas infelizmente não é dessa possibilidade que venho falar, venho falar do reverso, do lado negativo.

Hoje em dia cada vez mais compreendo que poucas são as pessoas que têm sentimentos, que têm um cérebro e que sabem o que é certo e errado, e dessas poucas pessoas, apenas um pequenino grupo vê o mundo como ele é na sua maioria: desigual.

É como diz a Margo no livro "Cidades de Papel", a atualidade é feita de pessoas de papel, que vivem em ruas de papel, nas suas casas de papel e que trabalham em edifícios de papel. O certo é que ninguém se preocupa com o que realmente importa.

Custa-me que só se preocupem com comprar o estúpido vestido para levar a uma estúpida festa onde as pessoas são mais falsas que sabe-se lá o quê, quando deviam pensar em poupar o dinheiro desse vestido estúpido e gastá-lo no que realmente importa.

Há milhares de pessoas a morrer à fome, nas ruas, têm noção de quantos pães podiam comprar para poder matar a fome de certas pessoas? Ok, não dava para acabar com a fome no mundo, mas era um pequeno gesto que significava alguma coisa!

Eu sou uma miúda carente, confesso, considero-me um pouco fútil, gostava de ter um namorado, é um facto. Mas de que é que importa o facto do crush não responder à mensagem que lhe mandei? Ou o facto de ser um amor não correspondido? Ou o facto de ser um relacionamento condenado? Não é realmente, verdadeiramente e incondicionalmente importante.

Eu acredito que neste mundo todos temos as nossas escolhas, podem magoar-te, podem gozar contigo, mas tu tens sempre uma palavra a dizer sobre isso, uma escolha e eu apelo agora para que faças a tua!

 

#31 British Girl in School: Vamos dar uma volta, já me sinto incomodada!

Hi everybody! Well, one more Tuesday, era feriado, mas já não é (idiotas).

come back.jpg

 Estávamos hoje de manhã no intervalo e eu, a Joana, a Bárbara, a Sara e o Martim estávamos juntos como de costume. Eu e o Felipe tínhamos ido na frente deles e estávamos a conversar, parámos perto de uns bancos e uns colegas nossos estávam lá. Eu até me senti incomodada e toda a gente quis vir dar uma volta comigo, porquê? Porque toda a Ferderica e uma amiga dela estavam a olhar para nós com cara de "Tenho alguma coisa para vos dizer, mas não digo, penso apenas coisas sujas com a minha mente suja".

Eu não sei porquê, mas todos olham para nós como se andássemos, o que não é verdade, e depois há aqueles que comentam nas costas, os que mandam bocas, os que pensam porcaria e depois aqueles que são os mais corajosos que são os que têm lata para ir ter connosco e perguntar cara a cara. Também vos acontece?

OMG!!!!!! O meu 1º destaque!!!!

É isso, não leram mal! O Sapo destacou-me um post, é isso mesmo se forem à pagina inicial vão lá ver isto:

Capturar.PNG

 Estou na primeira posição (depois vai sair como de costume, mas mesmo assim), e o mais estranho foi que o post destacado não era um post que eu pudesse dizer que esperasse que o fosse, já tenho feito posts que achava que iam ser destacados, mas este foi uma daquelas surpresas que te deixam em choque e sem saber o que dizer. O que também me surpreende é o facto do blog não ter nem 2 meses e de repente, o meu querido Shawn Mendes dá-me um destaque. A minha reação é que foi um bocado caricata, mas pronto!

Basicamente eu estava a responder a comentários ao som de "Stitches" do Shawn Mendes (irónico não?), quando fui à página de informação do blog e vi que tinha uma reação, abri e vi que "destaques" tinha feito um link para este post, o que é que esta inteligência rara pensou? Ah, provavelmente era só mais um blog, quando abri para ver que "blog" é que era fui ter ao perfil do Pedro, um dos membros da equipa do Sapo. Nesse momento dei-me conta que a possibilidade de estar na página inicial do Sapo, fui lá ver e "Tchanam" esta lá. Eu fiquei a olhar, a assimilar aquilo (coisa que ainda não fiz por completo), quando finalmente tomei alguma reação liguei logo à minha melhor amiga e começámos as duas aos gritinhos de felicidade!

Nem momento ainda não posso acreditar que isto aconteceu, parece um sonho, e sinceramente eu não quero acordar, posso ficar em coma para sempre, mas que este sonho acabe é o que quero evitar! Espero conseguir alcançar mais um destaque em breve, quem sabe! Por enquanto só tenho a agradecer ao Sapo por me ter destacado, estou muito feliz!

 (só mesmo para acabar e comemorar em grande e com o meu querido Shawn Mendes, a quem tenho de agradecer, pois se ele não existisse não havia destaque para ninguém!)

 

 

 

#4 My thoughts are in...

Volleyball. Decidi parar de andar a pensar na raiva e estou a pensar em como posso melhorar os meus serviços, eu quero torná-los incriveis! Isto tornou-se algo demasiado importante para mim, se mo tirarem por lesões que ainda não sarei mas das quais não me queixei nunca para não me tirarem da equipa, se mo tirarem eu não faço mais nada, isso eu garanto, não consigo deixar o desporto que pratico desde criança por causa de lesões insignificantes, como as que tenho no pulso e no joelho!

 

 

 Volleyball. It's a sport. It's a passion. Live it. Love it. Play it. Feel it.

#16 British Girl in School: That's over!

Bem, hoje estava a conversar no Facebook com o Felipe e ele disse-me algo que me deixou a pensar no que se passou, e será que ele tem razão?

Ele disse-me que apesar de eu ser forte e tudo mais, não o vou poder ser assim para sempre, e que acima de tudo eu sou humana e me apaixono, rio, choro e sofro, e que tenho de me mentalizar disso, que é o que é importante.

Ele diz que eu não posso continuar a fingir e a agir como se não se passasse nada, e que o correto era dizer ao Guilherme que gosto dele, mas... eu não consigo dizer uma coisa dessas, nem a ele, nem a ninguém, nem sequer a mim própria!

Não consigo tirar a conversa da cabeça, mas porquê? Que quererá isto dizer?

#2 My thoughts are in...

Jacob's muscles. Desde ontem que não paro de pensar nos abdominais daquele deus grego, não me saem da cabeça! Neste filme ele mostra pouco, mas a imagem que eu mais gosto é sem dúvida quando ele está sem camisola à chuva, parece que morri e fui para o paraíso. Sem dúvida alguma o Jacob faz-me queimar por dentro, e o Edward faz-me congelar, mas sem dúvida eu prefiro arder!

 

 

 

 

My thoughts are in...

Blues eyes! Mas não são nuns olhos azuis quaisquer, são nos do Guilherme. Eu não gosto do Guilherme, mas aqueles olhos estão aqui presos, presos em mim!

Às vezes sinto que se chegasse à beira dele e lhe dissesse... não sei o quê, ou melhor saber se calhar até sei, não quero é amitir. Outras vezes sinto que só quero que tudo isto caia naquilo que eu chamo de "O fundo das desilusões" e que caia no esquecimento juntamente com o meu passado e com os meus sonhos de menina apaixonada.

Sometimes I need him, I need to see him, to touch him and to see what nobody can't see.

 

Quem está deste lado?

Uma adolescente com os seus consistentes 15 anos que sobrevive às adversidades do dia a dia, acompanhada do seu blog, onde conta as suas peripécias e aventuras.

Estudante de secundário durante o dia, blogger durante a noite. Uma apaixonada pela escrita de todo o tamanho. Pensadora nata. Eterna sonhadora.

Para muitos um livro aberto, para outros um mistério por resolver.

Intrigado? Fica por estes lados e talvez desvendes o mistério.

Apresentação Visual

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D