Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

Apanhei grande seca!

Hoje houve almoço de família e ainda tive de levar com mais "tias" e "tios". O almoço estava bom, a sobremesa também, de comida não me podia queixar, era coisa que não faltava!

O problema foi a conversa, só há dois assuntos possíveis: mortes (incluindo Igreja Católica) e sexo.

O meu pai está confiante que eu ainda vou ter outro irmão, nomeadamente um menino. O pior é que eu não me engano com o sexo dos bebés na família e, se a minha mãe engravidar eu tenho a certeza absoluta que vai ser um rapaz.

Não estão bem a ver, falaram de funerais até dizer chega e a seguir veio o sexo, será possível que não haja mais assunto para falarem, é que já se torna aborrecido e desinteressante!

 

Já estou farta do Inverno!

Eu sei que disse que o Inverno e o Outono eram as minhas estações do ano favoritas, a questão não é a estação em si, é a temperatura!

Até Novembro para mim o tempo foi muito bom, mas isso era por duas simples razões: não estava frio e não precisava de andar de kispo.

Para mim o Inverno e o Outono eram perfeitos se eu não tivesse de usar kispo e pudesse usar sempre t-shirts e calções (com meias de vidro se necessário) ou calças.

Mal posso esperar por começar a comprar roupa da próxima coleção, já ando a ver algumas t-shirts para comprar, mal posso esperar por usar as t-shirts que descaem o ombro, como eu adoro usar.

E vocês, que mais anseiam e que precise de bom tempo?

 

A primeira vez que me baldei às aulas

Eu não sei porquê mas gosto sempre de relembrar este dia, foi como se tivesse deixado a Bella dos estudos e a certinha para trás. Lembro-me como se fosse hoje, tal e qual.

Foi no 8º ano, a uma sexta-feira. Os stores de Francês e de História faltaram e, supostamente, tínhamos de ficar na escola até tocar, porque íamos ter substituíção. Estava a dar uma volta com a Bárbara (vou continuar a chamar os meus colegas como a Riley). Estávamos a falar de um trabalho de grupo para irmos à escola fazer e eu voltei-me para ela tipo isto:

-Estou farta das aulas, não me apetece estar mais aqui!

-O quê? Concentra-te, e o trabalho a que horas é?

Nesse momento estávamos a passar o portão e voltam-se uns amigos meus que apanharam a portaria sem vigilância.

-Ei, Isa! Queres vir?

-Claro - disse e já estava a subir as escadas para me ir embora.

-Espera, e o trabalho?

-Depois vemos isso!

-Às 09:00, ok?

-Nem penses, eu quero dormir! Às 10:00 e é se queres!

-Mas assim não dá muito tempo, tem de ser às 09:00!

-Claro que dá, nem penses que eu me vou levantar cedo!

-Anda lá...

-Só por causa disso, fica para as 10:30, podes vir mais cedo, mas eu só apareço a essa hora. Xau!

-Xau...

 

Depois fomos dar uma volta lá fora, fomos comprar doces e quando se chegou à hora, fomos marcar o cartão na saída e depois fomos para casa!

E vocês, alguma vez se baldaram a uma aula?

Gostei...

Hi everybody! Como vocês sabem (se me acompanham desde que comecei), eu sou uma fã de carteirinha (expressão da Riley) da novela "Dancin' Days", mais precisamente da Mariana (antes da gravidez em especial) e do Gui.

No outro dia estava a ver a novela e apareceu uma música que, quando eu vi a novela pela primeira vez, eu não gostava. Resolvi ir ouvi-la no youtube toda, e sinceramente gostei imenso.

A música é a "Só Quero Que Saibas" do Angel-O, tem um ritmo e uma letra que adorei! Nunca pensei gostar de uma coisa assim, mas afinal a idade mudou-me mesmo!

Deixo aqui para poderem ouvir, se assim desejarem:

 

A idade muda a personalidade e a mentalidade de uma forma avassaladora

Durante esta minha vida fui aprendendo algumas coisas, nomeadamente que nós mudamos. Pessoas mudam pessoas, a idade muda as pessoas e o tempo acaba por mudar a nossa mentalidade e personalidade, isso aconteceu não só comigo, mas acho que com toda a gente.

Chega a uma altura em que deixamos de gostar do que gostávamos até à data. Agora falando por mim, eu cresci demasiado rápido e demasiado lentamente ao mesmo tempo.

Há cerca de quatro anos eu estava a passar por uma fase de indignação, todo o tipo de ato que era considerado irresposável e desobediente era, pelo menos para mim, algo verdadeiramente abusador e a meu ver eu nunca seria assim. Eu fazia tudo o que era suposto fazer, não tinha personalidade alguma, não gostava de ver filmes de mundo completamente apocalipsícos ou coisas do género. Séries? Disney e Canal Panda (sim eu ainda via o Canal Panda).

Via novelas, isso era o certo, via as novelas da noite, apenas a primeira e depois ia deitar-me porque era muito tarde e os meus pais assim haviam definido.

Nessas novelas é claro que haviam, como em todas as novelas, adolescentes inconscientes que respondiam mal, se baldavam às aulas e tudo mais, e desses, eu não era grande fã porque eles tinham maus comportamentos, que a meu ver eu nunca ia ter.

O certo é que agora, com quase 14 anos eu quando revejo todas essas personagens e vejo novas novelas com essas personagens me identifico. Para mim o responder mal aos pais não é tanto por aí, também sou inconsciente (daí os meus amigos terem ideias daquelas sobre mim), e o baldar às aulas já o fiz umas vezes.

Os calções curtos para mim eram algo que eu não apoiava, as calças de ganga de todas as cores e justinhas para mim não faziam sentido nem parte do vestuário, neste momento não tenho problemas em usá-las, tornaram-se as minhas favoritas!

Há músicas que eu não gostava, talvez porque não percebia a letras e agora adoro-as! Pintar os olhos era impensável nessa altura porque me diziam que não podia fazer isso, agora eu pinto-os tantas vezes!

Rapazes é um assunto que eu não podia passar ao lado, eu adorava betinhos, meninos responsáveis e tudo mais, agora pelo contrário, acho-os desinteressantes, dou-me melhor com rapazes mais velhos e mais inconscientes que vivam apenas a vida sem pensar muito, são esses o tipo de rapazes que acho interessantes.

Em síntese, a minha mentalidade mudou TANTO e a minha personalidade também, deixei de gostar de certas coisas e passei a gostar do que não suportava e detestava no passado, não sou a mesma e gosto disso.

Quem mais sente que mudou imenso ao longo dos tempos?

 

Quem está deste lado?

Uma adolescente com os seus consistentes 15 anos que sobrevive às adversidades do dia a dia, acompanhada do seu blog, onde conta as suas peripécias e aventuras.

Estudante de secundário durante o dia, blogger durante a noite. Uma apaixonada pela escrita de todo o tamanho. Pensadora nata. Eterna sonhadora.

Para muitos um livro aberto, para outros um mistério por resolver.

Intrigado? Fica por estes lados e talvez desvendes o mistério.

Apresentação Visual

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D