Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

E a idade passa e a parvoeira aumenta

E a música do filme de que falei na qual estava viciada, não é, antes que comecem a pensar, a Love Me Like You Do, nem a Earned It (essa tive a fase em que andava viciada a ouvi-la, mas já passou), mas sim a da Beyoncé e não é a Haunted é a Crazy in Love. 

É como eu digo, a idade passa e a parvoeira aumenta, nomeadamente comigo está a ser assim. Eu não sei, eu tenho outros interesses, outras conversas, já venho a notar isto, eu tenho mudado.

E porquê aquela música, só pelo título já me diz muita coisa porque eu sou assim, quando sinto um fraco, uma atração ou alguma cena assim por alguém, sou meia maluca, quer dizer, bem mais maluca!

Quem gosta da música aqui?

 

 

Acho que vou ver, porque não?

Ano passado saiu no dia dos namorados saiu o filme mais polémico que eu já conheci "50 Shades Of Grey". Eu tinha 12 anos, obviamente nem sequer pensei em ver o filme, mas agora que fiz 14 ando viciada na música e pensei, qual é o problema de eu ver o filme?

O meu pai diz que devemos ver todo o tipo de filmes, para podermos comentar o que achamos e se gostamos, para poder falar de tudo e também para sermos intelectuais. Qual seria o problema de eu, uma adolescente de 14 anos recém-cumpridos ver o filme e ler o livro que o inspirou?

Isto das idades é muito relativo, eu vi o American Pie, vi a Ressaca, vi esses filmes todos, filmes esses que tinha bolinha vermelha, mas não posso ver aquele filme. Qual o problema? Nenhum, portanto vou ver se vejo o filme e depois comento.

Vamos deixar que as coisas aconteçam, nada de pressionar nada, lema dos 14 anos. "Deixa passar, deixa andar, just don't even worry about it.

#1 Sweet 14: O meu dia de anos completo

Hi people! Lembrei-me ontem de fazer uma rubrica onde vos conto o meu nao, ou seja, os meus 14 anos. Agora que fiz 14, sinto-me mais confiante por alguma razão desconhecida, a ficha ainda não caiu, mas pronto. O tema de hoje, é o meu dia de anos, como é que foi, desde o que não contei, até como me senti, relatório quase completo (há coisas que ninguém precisa de saber).

Bem, de tarde eu fui ao shopping com os meus avós, basicamente o meu arrastou-me para lá, mais tarde com a desculpa de eu ter de trocar a camisola que me ofereceram. Fiquei lixada com as mulheres da Bershka porque não me quiseram trocar a camisola, segundo elas "Tem de ser o titular do cartão".

Eu fui tomar alguma coisa com os meus avós e logo a seguir fui com a minha avó à Lefties. Ora, no meio daquilo tudo liga-me a Inês a ex-blogger do "Secrets Of a Teenager", começou a fazer-me perguntas do género que é que estava fazer, onde estava, o que tinha vindo fazer, algo suspeito, mas eu não liguei, respondi.

Quando eu me viro e vejo a entrada e a vejo a ela fomos a correr uma para outra, e tal como da outra vez o pai dela gravou nós a corrermos para nos abraçarmos. Foi grande loucura, falamos um pouco mas ela teve de ir depois, mas foi tão giro! O meu pai ajudou no esquema todo, foi o máximo!

Lanchei com os meus avós e depois fomos embora, um montão de gente desejava-me feliz aniversário, exceto uma pessoa que eu estava à espera que me desse, eu estava furiosa porque achava que ele se tinha esquecido! Andei irritadíssima e sempre que o telemóvel dava notificações pensei que fosse ele, mas nada, nunca era!

A minha festa começou e sua excelência não dava sinal de vida, até que mandou mensagem e eu respondi mesmo seca "Tás vivo?", mas emendei a seguir porque o meu irmão disse para não ser assim. Resumo da história: ele não tinha vindo ao Facebook e por isso é que ainda não me tinha dado os parabéns, ou seja, fui mesmo injusta.

Agora passando à parte dos 14 anos, ainda não acredito, parece que ainda tenho 13, porém agora que tenho 14 anos sinto-me mais confiante, sinto-me diferente, percebem?

Recebi mais dinheiro, uma camisa de dormir, uma t-shirt e um calhamaço que não sei se vou ler. A festa foi feita de risos e muita conversa, foi especialmente divertido estar com o meu "irmão" por já não estar com ele há imenso tempo!

E pronto, este foi o primeiro post da rubrica dos Sweet 14. Have a nice weekend!

Quem está deste lado?

Uma adolescente com os seus consistentes 15 anos que sobrevive às adversidades do dia a dia, acompanhada do seu blog, onde conta as suas peripécias e aventuras.

Estudante de secundário durante o dia, blogger durante a noite. Uma apaixonada pela escrita de todo o tamanho. Pensadora nata. Eterna sonhadora.

Para muitos um livro aberto, para outros um mistério por resolver.

Intrigado? Fica por estes lados e talvez desvendes o mistério.

Apresentação Visual

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D