Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

Hoje joga a Seleção Nacional

Daqui a cerca de uma hora joga a Seleção Nacional vai entrar em campo para jogar contra a Aústria, e ao contrário da outra vez, eu acredito apesar de pouco que Portugal pode vencer. Sim, eu sou uma trafulha, quando Portugal se estreou no Euro eu acreditava que a Islândia ganhasse.

Eu quero ver quantas vezes o Ronaldo vai levar com os louros sendo que está fora de jogo, quero ver se o Rui Patrício vai defender bem, quero ver todos a darem o litro. E vocês, que esperam que aconteça neste jogo?

 

O pesadelo do boletim das notas: Pais

Já falei do que é o pesadelo do boletim das notas enquanto miúda, enquanto uma adolescente, mas falta falar como é segundo os pais. Bem, eu não sou mãe, quer dizer, mais ou menos, com o título oficial não, mas de coração sou mãe da minha irmã.

O certo é que eu percebo que muitos dos pais têm grande alegria ao ver os filhos transitar, ou mais popularmente dito, passar. Lembro-me que a minha mãe sempre fez a comparação com a minhaa irmã, ela quando vai buscar as minhas nunca as guarda para ela muito discretamente, lê normalmente, com a minha irmã ela diz que já aconteceu esconder o boletim.

É assim, caros pais, eu percebo-vos e compreendo que muitas vezes a vossa vontade é castigar o vosso filho para ele aprender, mas façam assim, não os castiguem estas férias, eu sei que segundo vocês é complicado não o ensinar que ele não pode brincar o ano todo e não lhe acontecer nada, mas deixem o castigo para depois, deixem-no aproveitar as férias de verão e quando elas acabarem e ele voltar à escola, façam as vossas ameaças, cumpram-nas, não sei.

Por fim, não castiguem o vosso filho por muito más que as notas dele tenham sido!

O pesadelo do boletim das notas: Miúdos

Acho que por esta altura todos passamos por esta situação, a hora do boletim das notas chegar às nossas mãos, ou melhor, ser-nos esfregado na cara pelos nossos pais.

Eu ainda não tenho os boletins, mas tenho as notas, durante uma videochamada com os meus pais eles começaram a dizer-me as minhas notas, e apesar de terem sido boas para eles, porque na minha cabeça é como se fosse tudo negativa, o que é estúpido, visto que estou muito longe disso, não foram nada de muito genial, tal como era de se esperar eu não estudei nada este ano, faltei às aulas quase todas e dormi nas que fui, estive literalmente a borrifar-me para aquilo.

Mas mesmo assim acho que quase nenhum adolescente no seu perfeito juízo quer saber as suas notas, pelo menos maior parte não está lá muito interessada nisso. O conselho que tenho para vocês se ainda não ficaram de castigo é aproveitarem as vossas férias ao máximo.

Gente que ainda tem de fazer exames, boa sorte para vocês, caso estiverem no 9º ano, não stressem, o exame não vai mudar o que vocês fizeram durante um ano inteiro. Gente do 11º e do 12º ano, boa sorte para vocês, respirem fundo e não pensem que os exames podem ser a chave para uma boa Faculdade, e consequentemente para um bom futuro. Não liguem às parvidades que eu digo, descontraiam e respirem fundo, é um teste como todos os outros, pensem assim.

Assim que estiverem de férias, aproveitem a vossa vida, se vão de viagem de finalistas divirtam-se muito, façam o que quiserem, vão para a praia com quem quiserem, vão sair à noite, façam o que conseguirem para fazer as vossas férias valerem a pena.

Se as notas não forem nada boas, se tiverem reprovado ou por outro motivo qualquer os vossos pais vão pirar, preparem-nos muito bem, caso contrário, bem podem dizer adeus a todos os planos que podem ter traçado para as vossas férias.

Parabéns para todos os que passaram! Parabéns para aqueles que se estão a esforçar para os exames! Para o caso de terem reprovado lamento imenso, para o próximo ano esforcem-se, ou tentem fazer melhor pelo menos (é injusto dizer que todos os que reprovam não se esforcem), só disfrutem do vosso tempo livre!

O que é que eu vou fazer? Vou passar os meus dias no Alentejo, na piscina, a bronzear-me, na boa vida, vou para a praia na excursão, quando voltar ao Porto não sei, vou ver se saio com umas amigas. Posso finalmente despedir-me do inferno que foi o 8º ano e dizer olá ao 9º ano, e tenho muito a aproveitar porque as ameaças para a falta de cumprimento de regras durante o ano letivo e para a falta de trabalho já foram mandadas. A última coisa que os meus pais me disseram no Porto foi "Se no próximo ano não trabalhares e as médias não subirem esquece a internet e o teu telemóvel, ficas com um de teclas", o que a minha professora de Português disse antes de nos mandar sair foi "No próximo ano ajustamos contas".

Caso tenham tido as vossas ameaças, caso tenham tido a falta delas, caso tenham tido presentes ou não, aproveitem bem este descanso, se estiverem no meu lugar, o próximo ano é a doer, ter exames e a pressão dos professores a dizer "Quero ver os vossos exames, quero pois, vão ser jeitosos, vão!", boa sorte a todos para o ano seguinte, quer tenham transitado ou não. Divirtam-se!

 

 

 

Quero agradecer-vos muito

Hi guys! Eu sei que recebi um destaque há dois dias e que não falei sobre isso, limitei-me a responder a comentários, mas eu não disse nada porque não sabia que escrever.

Tenho andado a pensar em como agradecer, escrevi imensa coisa, mas tudo o que escrevi teve o mesmo destino, a reciclagem. Eu pensei em dizer algo especial, algo como "Eu estou muito feliz, nem acredito que me destacaram!", a verdade é que seria mentira.

Não digo que quando a minha melhor amiga me contou e eu vi o meu artigo destacado na página inicial eu não fiquei muito feliz, eu fiquei muito feliz por o meu trabalho e aquele artigo que eu tinha designado no dia anterior à minha melhor amiga como "o artigo da minha vida" destacado para que todos o pudessem ver.

Como é óbvio, também fiquei muito feliz por ter tido mais pessoas novas a seguir o meu trabalho e a demonstrarem ter gostado. A verdade é que o post, antes de ser destacado me parecia brilhante, e agora que o li parece-me que o destacaram por pena de mim, não por ser realmente merecedor.

Anyway, seja qual tenha sido o motivo pelo qual o destacaram, eu quero agradecer ao Sapo por me ter destacado, e quero agradecer a todos os novos subscritores que me seguiram, fiquei muito feliz pelo vosso feedback!

E assim, com este breve agradecimento, completo o meu 400º post.

Quem está deste lado?

Uma adolescente com os seus consistentes 15 anos que sobrevive às adversidades do dia a dia, acompanhada do seu blog, onde conta as suas peripécias e aventuras.

Estudante de secundário durante o dia, blogger durante a noite. Uma apaixonada pela escrita de todo o tamanho. Pensadora nata. Eterna sonhadora.

Para muitos um livro aberto, para outros um mistério por resolver.

Intrigado? Fica por estes lados e talvez desvendes o mistério.

Apresentação Visual

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D