Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

Eu

Eu não sou estranha, sou única, o que é bem diferente! Eu sou doida, rio-me de tudo, escondo-me atrás de uma barreira que muitos derrubam e outros trepam, o que é admirável por ser tão grossa e tão alta. Eu ando sempre a cair por todos os lados, ora aqui, ora ali, deixo sempre uma marca minha. Sou impulsiva, grito, corro no meio da rua com os braços esticados, danço que nem doida, se me apetecer pinto-me, penteio-me, e se me der na cabeça agarro na tesoura e corto o cabelo!

Eu não suporto o racismo, a descriminação, o bullying, o desprezo, a violência, a xenofobia, e quem fala destas situações fala de outras tantas. Eu tenho muito a mania de querer mudar o que está mal, sou levada pelo desejo de concretizar esse objetivo e vou até ao fim para o alcançar, se já consegui alcançar algum? Alguns, mas pouco significativos, os que quero concretizar antes de ir para outras bandas ainda estão em fase de andamento, mas eu não vou desistir, posso ser a única a pensar assim, o mundo pode não concordar comigo, mas nesse caso será o mundo contra mim e eu contra o mundo, e mentalizem-se que eu não vou perder a causa!

Eu sei que sou teimosa, chata, filosófica, uma enciclopédia, sei que sou gozada, sei que posso ser desinteressante e não sou fascinante. Não tenho o designado "corpo perfeito", sou egoísta, sei que sou designada de maluca mas eu não quero saber disso e sabem porquê?

Porque eu sou a rapariga que vai na rua e começa a cantar "Single Ladies" e a dançar como uma doida, sou a miúda que abre os braços e deixa que o vento lhe bata na cara quando passa a passadeira enquanto grita a alto e bom som "I'M THE QUEEN OF THE WORLD!!!".

Essa miúda sou eu, serei sempre, e nunca ninguém terá o poder de tirar isso de mim, nem isso, nem este meu estúpido 500º post num dia 1 de Agosto, segunda-feira!

 

Ter um cromo a gritar à vossa janela

Estão a ver aquele momento em que estão a ver uma série e a vossa mãe vos chama para jantar precisamente no momento crucial da cena? Pois, é muito mau, mas não foi o que aconteceu aqui.

Ontem foi dia de arrumações, andei eu a arrumar o meu quarto, os armários, e tive que ir à minha janela pousar uma objeto decorativo, bem, o certo foi que me deparei com o Joel lá fora a jogar à bola, no entanto, optei por fazer de conta que não o tinha visto e continuar nas minhas arrumações.

Como estava a ser exaustivo, fui ao Youtube e na playlist que eu estava a ouvir, calhou passar a "Love Me Like You Do", fui abrir mais a janela porque estava com calor e a curiosidade de vê-lo jogar foi mais forte, então pus-me a espreitar para o lado do jardim.

Eu só ouço aquela voz vinda do lado contrário ao que eu estava a olhar a dizer "Sabias que espiar é feio?", nesse momento sabem como me senti? Como a Anastasia Steele nas 50 Shades Of Grey, e porquê? Porque a minha reação foi parecida a esta (e porque agora tenho o cabelo próximo do da cor dela):

 Obviamente que depois lhe expliquei "Eu não estava a espiar-te!", e levei resposta do género "Eu sei que tens saudades minhas, é normal!" e eu obviamente não ia deixar a minha ironia e dizer algo do género "Ahah, claro, engraçadinho!" com uma reação destas em seguida:

 Ele acabou por querer que eu descesse, mas eu expliquei que não podia (na verdade não queria, porque já tinha acabado tudo), no entanto ele ficou a dizer "Desce! Desce! Eu sei que estás aí e estás a ouvir-me!".

A minha reação com isto tudo é:

 Qual a pior parte de tudo? Não, não foi a vizinhança ter sido capaz toda de ouvir, foi eu sentir-me nas 50 Shades, ainda mais como Anastasia Steele!

#1 Back to school: Como ver o novo ano?

Muita gente está assustada com um novo começo, outros nem tanto, outros nem querem saber, e depois também há aqueles que estão tão mocados que nem sequer sabem para que ano vão.

No meu caso, eu vou para o 9º ano, para muitos é o último ano do básico, para mim é o primeiro ano do secundário. Não, eu não estudo num colégio inglês, mas eu considero o 9º ano já secundário, porque segundo o que umas colegas do volley disseram, a dinâmica não tem nada a ver!

Para muita gente que vai para o 8º, tudo o que toda a gente diz é uma completa mentira, é um ano como todos os outros, que tem que ser feito, não liguem às opiniões alheias porque isso não vos vai levar longe e o sucesso que esperam alcançar sairá prejudicado pelos pensamentos pré-concebidos que vos meteram na cabeça, esqueçam as opiniões, são apenas opiniões e não garantias.

Gente do 7º ano, ou melhor, que foi para o 7º ano, sejam bem-vindos a um mundo diferente do que conhecem. Lembram-se das imensas tardes livres? É... esqueçam porque isso não vai acontecer mais. O 7º ano é um novo ambiente, não é difícil, mas há que se ambientarem a algo novo, por isso muita sorte para vocês!

Não vou falar dos outros anos porque penso que é o mesmo, muito do mesmo e acho que não tenho gente assim tão nova a ler-me.

Basicamente, devem tirar qualquer pensamento destes da cabeça porque só vos vai prejudicar!

 

E Agosto chegou!

Para muitos significado de alegria, para outros quantos sinal de tristeza e para outros ainda é insignificante. 

Para muitos chegaram as férias, para outros acabaram as férias, para outros é indiferente porque nem sequer sabem o que é Agosto, e no meu caso, é mau porque significa que as aulas estão a recomeçar.

Bem, não sei se já têm conhecimento, mas as aulas começam mais cedo este ano, por isso estou a pensar em começar a série de regresso às aulas, eu sei, eu sei que é muito cedo, mas as aulas começam cedo e eu não vou martirizar muito porque vou ter umas ajudas e não vai ser todos os dias (por enquanto).

Por agora, disfrutem as férias, ler os posts não vos vai fazer não estar em férias, mas penso que é agora que as mochilas são compradas, o material começa a ser posto em causa, os livros são encomendados/chegam, por isso não vai ser um post que vos vai fazer sair da vibe de verão.

Por enquanto, boas férias para quem começou ou vai começar, e bom resto de férias para quem já as tem há muito tempo!

O mundo tem que mudar

Ontem, uma youtuber que eu adoro, a Beatriz Geada publicou um vídeo tão, mas tão inspirador que se tornou um fenómeno no Twitter, hoje de manhã, quando fui à rede social deparei-me com os comentários maldosos a criticar o vídeo e ela própria.

Eu dei-me conta que estou cansada de viver num mundo tão podre, está bem que uma coisa é humor, como o que eu própria faço muitas vezes, mas há um limite e isto ultrapassa todos os outros.

Não são as curvas, as mamas, o corpo em si, que definem uma mulher, nada disso faz de nós mulheres. O que faz de nós mulheres é a nossa atitude, é isso que faz uma mulher. Sabem que vos digo? Tenho espinhas, tenho estrias, tenho marcas, cicatrizes e um risco no dente da frente, os meus dentes são um pouco amarelos, as minhas unhas estão estragadas e sabem que vos digo? Nada disto me torna menos que uma top model, uma mulher com o corpo dito perfeito devido aos padrões que a sociedade, e quando digo sociedade refiro-me a todos nós, inclusivamente a mim, que acidentalmente ou não, criou.

Que sentido faz gozar com o corpo de outra pessoa? Estou cansada de passar pelas redes sociais e ver pessoas a fazerem coisas assim, gozarem com a imagem de certas pessoas, que sentido é que faz?

Isto só serviu para provar que este mundo está podre, e eu estou cansada de viver neste mundo tão podre e consumido por valores completamente... nem tenho a palavra para isto!

Por fim, apelo a todos vocês que vejam o vídeo genial que ela fez, e quem quiser que acompanhe a situação no Twitter, pensem, reflitam e tomem uma posição clara numa situação destas.

 

Quem está deste lado?

Uma adolescente com os seus consistentes 15 anos que sobrevive às adversidades do dia a dia, acompanhada do seu blog, onde conta as suas peripécias e aventuras.

Estudante de secundário durante o dia, blogger durante a noite. Uma apaixonada pela escrita de todo o tamanho. Pensadora nata. Eterna sonhadora.

Para muitos um livro aberto, para outros um mistério por resolver.

Intrigado? Fica por estes lados e talvez desvendes o mistério.

Apresentação Visual

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D