Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

A primeira vez que me baldei às aulas

Eu não sei porquê mas gosto sempre de relembrar este dia, foi como se tivesse deixado a Bella dos estudos e a certinha para trás. Lembro-me como se fosse hoje, tal e qual.

Foi no 8º ano, a uma sexta-feira. Os stores de Francês e de História faltaram e, supostamente, tínhamos de ficar na escola até tocar, porque íamos ter substituíção. Estava a dar uma volta com a Bárbara (vou continuar a chamar os meus colegas como a Riley). Estávamos a falar de um trabalho de grupo para irmos à escola fazer e eu voltei-me para ela tipo isto:

-Estou farta das aulas, não me apetece estar mais aqui!

-O quê? Concentra-te, e o trabalho a que horas é?

Nesse momento estávamos a passar o portão e voltam-se uns amigos meus que apanharam a portaria sem vigilância.

-Ei, Isa! Queres vir?

-Claro - disse e já estava a subir as escadas para me ir embora.

-Espera, e o trabalho?

-Depois vemos isso!

-Às 09:00, ok?

-Nem penses, eu quero dormir! Às 10:00 e é se queres!

-Mas assim não dá muito tempo, tem de ser às 09:00!

-Claro que dá, nem penses que eu me vou levantar cedo!

-Anda lá...

-Só por causa disso, fica para as 10:30, podes vir mais cedo, mas eu só apareço a essa hora. Xau!

-Xau...

 

Depois fomos dar uma volta lá fora, fomos comprar doces e quando se chegou à hora, fomos marcar o cartão na saída e depois fomos para casa!

E vocês, alguma vez se baldaram a uma aula?

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Quem está deste lado?

Uma adolescente com os seus consistentes 15 anos que sobrevive às adversidades do dia a dia, acompanhada do seu blog, onde conta as suas peripécias e aventuras.

Estudante de secundário durante o dia, blogger durante a noite. Uma apaixonada pela escrita de todo o tamanho. Pensadora nata. Eterna sonhadora.

Para muitos um livro aberto, para outros um mistério por resolver.

Intrigado? Fica por estes lados e talvez desvendes o mistério.

Apresentação Visual

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D