Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

Ela é linda

Mais uma vez surpreendi-me com as pessoas por aqui, a conclusão qe tirei delas é que precisam urgentemente de óculos bem graduados, e no caso de já os terem, irem ver porque não é suficiente a graduação.

Não me acho uma pessoa bonita, apesar de nem todos à minha volta serem da mesma opinião, por exemplo, tenho amigos e amigas minhas que dizem que sou bonita, por outro lado na escola sou considerada feia. 

Não estou acostumada de todo, a que as pessoas digam que eu sou bonita, mas no momento em que entrei naquele local, só ouvia pessoas a dizerem que eu era linda e que era bonita e que tinha bom gosto e tudo mais. 

Eu não me considero nenhuma das coisas, não me sinto nada daquilo que disseram que era. Gente a admirar a roupa que eu levava, fiquei deveras confusa com toda esta adoração por mim.

No fundo senti-me um bocado observada, por dançar daquela forma, por falar daquela forma, por outro lado senti-me algo que não me sentia há muito, muito tempo: fascinante.

As pessoas pareciam observar-me pelas atitudes que tinha, o facto de ter ido lidar com uma criança, de ter dançado com ele (neste caso era um rapaz com uma doença), o facto de não o ter ignorado e de o ter olhado de lado, senti-me uma pessoa fascinante por alguns momentos. A minha dança, a minha conversa, o meu espírito, senti que as pessoas se fascinavam.

No entanto, houve coisas que me chamaram à atenção, e uma delas foi o facto e a forma como eu olhava para as pessoas. Eu sou conhecida por ter um olhar penetrante, eu olho para as pessoas de uma forma diferente. Muitos dizem que o meu olhar intimida por eu olhar nos olhos das pessoas fixamente como se pudesse ler-lhes a alma, e ainda por cima os meus olhos são escuros.

Não sei se é por esse motivo que toda a gente olha para mim, se prestam atenção, não faço  mínima ideia, só digo que discordo completamente.

 

7 comentários

Comentar post

Quem está deste lado?

Uma adolescente com os seus consistentes 15 anos que sobrevive às adversidades do dia a dia, acompanhada do seu blog, onde conta as suas peripécias e aventuras.

Estudante de secundário durante o dia, blogger durante a noite. Uma apaixonada pela escrita de todo o tamanho. Pensadora nata. Eterna sonhadora.

Para muitos um livro aberto, para outros um mistério por resolver.

Intrigado? Fica por estes lados e talvez desvendes o mistério.

Apresentação Visual

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D