Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

Foi impossível não conter as lágrimas

Acabei de ver um novo episódio da série Disney que eu ainda vejo, "Riley e o Mundo", ou em inglês, "Girl Meets World", é o seguimento da série de sucesso da década de 90 "Boy Meets World". Nesta série, a protagonista, Riley Matthews, filha de Topanga e Cory Matthews e irmã de August Matthews conta a sua história, não só acompanhada da sua família, como dos seus melhores amigos, Maya Hart, Lucas Friar e Farkle Minkus.

Esta série marca-me a cada episódio que passa porque eu me identifico com a Riley, temos a mesma idade e somos esquisitas e tótós, ou como todos a tratam "única". Mas este episódio foi o que mais me marcou e sem dúvida, provavelmente o mais marcante de toda a história. 

Neste episódio a Riley revela um lado mais obscuro, mais triste, mais frio e longinquo de tudo o que já vimos nela, sem o "Yeeeeaaaahhhhhiiiiiii" habitual, sem aquela cara engraçada e sem as rodas. Ela conta-nos o impacto que o bullying tem nas pessoas, há várias formas de lidar, mas o impacto é o mesmo. Chorei ao ver uma das cenas, em que ela admite finalmente sofrer de bullying, porque me identifiquei. Porque eu também chorei. Porque eu também me isolei, fiquei diferente e deixei de sorrir e ser feliz.

Mas eu faço sempre isto, sempre que vejo testemunhos de pessoas que sofreram de bullying eu choro, sempre que se fala do assunto eu fico triste e em baixo porque me trazem recordações. É um passado muito presente, que deixou marcas.

Recomendo que vejam, nomeadamente bullys que possam estar a ler isto e que metam a mão à consciência, quanto a quem nunca sofreu, também recomendo que vejam. Quem sofreu, tal como eu, não sei se deve ver, se se sentirem confortáveis façam-no, caso contrário, deixem estar.

 

2 comentários

Comentar post

Quem está deste lado?

Uma adolescente com os seus consistentes 15 anos que sobrevive às adversidades do dia a dia, acompanhada do seu blog, onde conta as suas peripécias e aventuras.

Estudante de secundário durante o dia, blogger durante a noite. Uma apaixonada pela escrita de todo o tamanho. Pensadora nata. Eterna sonhadora.

Para muitos um livro aberto, para outros um mistério por resolver.

Intrigado? Fica por estes lados e talvez desvendes o mistério.

Apresentação Visual

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D