Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

It's been a year...

Yeah... hi guys! Hoje faz um ano que este canto foi criado, três nomes depois, uma pessoa depois e várias crónicas doidas, cá estamos nós. Um ano. 52 semanas. 365 dias. 8760 horas. 525600 minutos. 31536000 segundos. Podemos dizer isto de várias formas, mas o tempo vai sempre continuar o mesmo.

Fases complicadas foram ultrapassadas por estes lados, fases fáceis também, o sucesso, o crescimento, a mudança, coisas boas e más aconteceram durante este ano e sei que muitas mais aventuras irão surgir.

Eu não sei que vai acontecer daqui para a frente, se há um ano atrás me dissessem que eu ia passar por este ano e acabar muito mais madura eu ia rir-me na cara da pessoa em questão. Eu sou a Bella, não sou a Riley, não sou qualquer outra pessoa, eu sou eu, eu não tenho que ser outra pessoa qualquer, eu tenho o meu valor!

Eu sei que não tenho andar muito por aqui mas tenho muito trabalho ultimamente e fico muito cansada, sinceramente e tristemente, chego a ficar sem vontade de vir aqui. Neste momento eu tenho outras ocupações, umas eleições a chegar, umas pré-eleições em preparação, outros projetos, tenho a minha dança, tenho os meus estudos e infelizmente eu não consigo esticar o tempo porque ele não é elástico, talvez um dia o consigam fazer mas receio informar que não penso que seja num futuro muito próximo.

E eu sei que vai haver gente a perguntar, ou pelo menos a pensar consigo mesma sem compartilhar a pergunta "Porque não deixas de dedicar tanto tempo à dança?". Eu vou explicar-vos, a dança tem tido um papel muito importante na minha vida, fiz o meu primeiro grand-jetê (não sei se se escreve assim, o meu Francês não é nada de extraordinário), fiz uma série de piruetas, estou perto das pontas, fiz a borboleta... tudo são conquistas que se fazem, mas nunca sem esforço, sem sangue, suor e lágrimas, ah e claro, dor. 

O meu tempo tem sido muito limitado e vai ser ainda menos porque com as aulas, os treinos de dança e de badminton que estão por vir e claro, com a possibilidade da associação de estudantes, as coisas ficam muito contadas.

Eu não quero deixar de vir aqui, tal como a dança, a escrita é uma paixão, mas por vezes precisamos de evoluir nalgumas coisas e voar um pouco, tal como a borboleta. Eu penso que tive a minha metamorfose e quero voar, quero ser a borboleta, não vou voar já, tenho que aprender a fazê-lo antes, mas no dia em que conseguir voar bem, aí vai ser a minha hora.

Talvez eu devesse deixar isto tudo, a minha dedicação, o meu tempo, a minha inspiração, esses não estão muito famosos, ricos...

Anyway, eu não sei o que vai acontecer mas o que sei é que quando eu voar eu posso sempre voltar para o meu porto-seguro e eu sei qual é o meu porto-seguro.

O meu nome é Isabella Oliveira, tenho 14 anos, vivo no Porto, em Portugal, na Península Ibérica, na Europa, no Hemisfério Norte Ocidental, no planeta Terra, no Sistema Solar, na Via Láctea e este é o meu porto-seguro, sei para onde voltar e a quem agradecer, não me esqueço de quem fui, do que fiz, do que me marcou e foi importante porque esta sou eu.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Bella 05.10.2016 20:45

    Obrigada :)
    Eu digo-te logo, prometo!
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Quem está deste lado?

    Uma adolescente com os seus consistentes 15 anos que sobrevive às adversidades do dia a dia, acompanhada do seu blog, onde conta as suas peripécias e aventuras.

    Estudante de secundário durante o dia, blogger durante a noite. Uma apaixonada pela escrita de todo o tamanho. Pensadora nata. Eterna sonhadora.

    Para muitos um livro aberto, para outros um mistério por resolver.

    Intrigado? Fica por estes lados e talvez desvendes o mistério.

    Apresentação Visual

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D