Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

Quando a hipocrisia e os telhados de vidro estão de braços dados...

Não compreendo como é que ela se mete no mundo das drogas! Não percebo como é que se mete no mundo da prostituíção! Não percebo como é que pode chegar ao ponto de entrar em coma alcoólico! Não percebo como é que se chega ao ponto de andar a roubar? Não percebo como é que podem fugir de casa! Não percebo como é que as miúdas de hoje andam com muitos ao mesmo tempo! 

Pois, eu também não percebia, ao dizer isto somos todos um bando de hipócritas, porque nós nunca tentamos realmente não recriminar, tudo tem um núcleo, esses atos têm um núcleo. Achamos que nunca nos vai acontecer, mas esquecemo-nos que todos temos telhados de vidro, logo não convém andar a atirar pedras ao ar.

Nunca percebemos as coisas verdadeiramente, exceto quando as coisas acontecem connosco. Todas estas situações foram exemplos, sendo que uma foi real para mim (a última se querem saber, eu não tenho vergonha de assumir que tive casos com muitos miúdos), porque no fundo muitas são feitas com um simples objetivo: fugir aos problemas.

Eu uso uma destas situações como escape, na altura que o faço esqueço-me que tenho muitos problemas, desaparece tudo, mas depois há uma amiguinha chamada consciência que me massacra por ter feito certas coisas.

Há cerca de dois anos atrás eu dizia que nunca deixaria que isto acontecesse, mas vejam só, olhem para mim agora! Com isto tudo há uma simples conclusão: cuidado porque a hipócrisia e os telhados de vidro, eles andam de braços dados!

4 comentários

Comentar post

Quem está deste lado?

Uma adolescente com os seus consistentes 15 anos que sobrevive às adversidades do dia a dia, acompanhada do seu blog, onde conta as suas peripécias e aventuras.

Estudante de secundário durante o dia, blogger durante a noite. Uma apaixonada pela escrita de todo o tamanho. Pensadora nata. Eterna sonhadora.

Para muitos um livro aberto, para outros um mistério por resolver.

Intrigado? Fica por estes lados e talvez desvendes o mistério.

Apresentação Visual

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D