Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

Eu não consigo!

Eu tento, eu juro que tento, mas eu não consigo lutar contra isto! Eu não sou boa o suficiente, eu não faço nada bem, eu não tenho uma boa aparência, sou invísivel, incompreendida, posta à margem.

A minha mãe quer por-me na dança e eu gostava, eu juro que gostava, mas eu já sei como ia ser, tudo ia voltar a ser como antes era. Dietas específicas, consultas no médico, lesões, controlo máximo, treinos e tudo ia voltar ao mesmo.

Eu detesto-me por não ser boa nalguma coisa, por ter sempre uma sombra, nem com a porcaria de uma espargata ficaram contentes, disseram-me "Wow, estás assim por abrires as pernas de um lado ao outro?".

Eu nunca vou ser boa bailarina, como ia competir com alguém que treina desde os 3 anos, como? Eu tenho 14, nesta altura já devia andar em competições ao tempo!

Eu não tenho corpo de bailarina, tenho um corpo desproporcional, ombros largos, depois fico mais finas e rebento na anca, tenho pernas monstro, ossos largos, como é que eu podia ser bailarina algum dia? Eles têm razão, eu sou um saco de batatas de tutu e nunca vou poder ter um corpo perfeito e fazer alguma coisa bem, só sirvo para cérebro, de resto eu nunca faço nada bem, nem para ser bonita sirvo!

 

Sim senhor, a menina comprou um biquini

Ontem, aqui a Bella foi à Women's Secret comprar um biquíni, sim senhor! Até é para estranhar.

Na verdade, já tenho andado de loja em loja a ver se compro algum biquini, mas acontece sempre o mesmo, saio de lá triste, desmotivada, com um tiro na minha pouca autoestima.

Desta vez esse tiro foi mais ligeiro, visto que até trouxe um biquini, mas confesso que me custou um bocado. Fizeram-me experimentar um fato be banho, que confesso, era lindo.

O problema foi que para passar da anca foi preciso andar aos saltinhos, a minha mãe insistiu que eu experimentasse, fiquei muito triste, sou tão gorda que preciso de andar aos saltinhos para ele passar-te da anca.

Lá experimentei um biquini, ele lá me serviu, mas aquela imagem continuava ali, fiquei muito triste. Comprei o biquini, recusei-me a experimentar outro, recusei-me a experimentar o XL do biquini, estava fora de questão.

Mas bem, agora tenho um biquini só porque sim, vida feliz, final da história, e a pançuda vive com a sua gordura para sempre!

Quem está deste lado?

Uma adolescente com os seus consistentes 15 anos que sobrevive às adversidades do dia a dia, acompanhada do seu blog, onde conta as suas peripécias e aventuras.

Estudante de secundário durante o dia, blogger durante a noite. Uma apaixonada pela escrita de todo o tamanho. Pensadora nata. Eterna sonhadora.

Para muitos um livro aberto, para outros um mistério por resolver.

Intrigado? Fica por estes lados e talvez desvendes o mistério.

Apresentação Visual

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D