Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

#12 Sweet 14: O meu futuro sou eu que o escolho!

Hi people! Hoje estávamos a falar sobre as dúvidas existênciais e perguntaram-me porque é que desisti do volley, sendo que, eu adorava aquilo e disse que queria competir. Eu basicamente, desisti do volley não só porque detestava a treinadora, mas também porque já não era o mesmo, eu falava de desistir com os meus pais, mas eles não me deixavam, eu tentei fazer-lhes a vontade, mas só recebia resposta como "De dia para dia essas manchetes estão a piorar cada vez mais!", "Quando é que vais finalmente para de brincar?", "Vamos lá Isabela, despacha-te!" ou até mesmo "Mas o que é que se passa contigo? Não corres, não te esforças, não dás toques na bola, dás-lhe palmadas, não arbitras bem, serves cada vez pior, será que podes começar a deixar de brincar e podemos jogar a sério?".

Eu começava a ficar cansada, e um dia voltei-me e disse que desistia e que não aguentava mais, e a treinadora veio fazer queixinhas à minha mãe, mas eu não quero saber! E agora vieram julgar-me e eu passei-me e disse com todas as letras "O meu futuro sou eu que o escolho, podem obrigar-me, mas eu ainda faço pior! E vocês não têm remédio sem ser aceitar, eu não quero e não preciso disto para nada!".

Há cá cada um, os meus pais ficaram fulos, tentaram convencer-me a voltar a trás, mas lá aceitaram e agora vêm-me estes!

 Lição de hoje: Ignora os comentários.

Dica de hoje: Revira os olhos, sorri irónico, só mostres que não te afeta, não explodas (como eu).

#11 Sweet 14: Eu tenho o melhor confi do mundo

Apesar de não ter ido às aulas e por consequência não ter acontecido nada, hoje estive, como sempre, a falar com o meu confi, e se antes eu já tinha a certeza que ele era um querido, um fofo e o melhor confi de sempre, agora tenho a certeza absoluta sintética analítica!

Eu contei-lhe uma cena muito, muito, mas mesmo muito importante sobre mim há uns tempos e hoje estivemos a falar sobre isso. Ele fez-me um texto tão lindo que eu chorei, quando contei a uma amiga (se estás a ler isto sabes quem és) e chorei outra vez e agora estou com uma ameaça de choro.

Só sei que depois do texto e da atitude ao saber de tudo, eu percebi que tenho mesmo o melhor confi do mundo, universo e arredores!

 Lição de hoje: Confia mais nos que te rodeiam.

Dica de hoje: Pode não ser fácil confiar, mas se são teus amigos estaram lá para ti, não importa o que aconteça.

 

Apanhei grande seca!

Hoje houve almoço de família e ainda tive de levar com mais "tias" e "tios". O almoço estava bom, a sobremesa também, de comida não me podia queixar, era coisa que não faltava!

O problema foi a conversa, só há dois assuntos possíveis: mortes (incluindo Igreja Católica) e sexo.

O meu pai está confiante que eu ainda vou ter outro irmão, nomeadamente um menino. O pior é que eu não me engano com o sexo dos bebés na família e, se a minha mãe engravidar eu tenho a certeza absoluta que vai ser um rapaz.

Não estão bem a ver, falaram de funerais até dizer chega e a seguir veio o sexo, será possível que não haja mais assunto para falarem, é que já se torna aborrecido e desinteressante!

 

#16 British Girl in School: That's over!

Bem, hoje estava a conversar no Facebook com o Felipe e ele disse-me algo que me deixou a pensar no que se passou, e será que ele tem razão?

Ele disse-me que apesar de eu ser forte e tudo mais, não o vou poder ser assim para sempre, e que acima de tudo eu sou humana e me apaixono, rio, choro e sofro, e que tenho de me mentalizar disso, que é o que é importante.

Ele diz que eu não posso continuar a fingir e a agir como se não se passasse nada, e que o correto era dizer ao Guilherme que gosto dele, mas... eu não consigo dizer uma coisa dessas, nem a ele, nem a ninguém, nem sequer a mim própria!

Não consigo tirar a conversa da cabeça, mas porquê? Que quererá isto dizer?

Quem está deste lado?

Uma adolescente com os seus consistentes 15 anos que sobrevive às adversidades do dia a dia, acompanhada do seu blog, onde conta as suas peripécias e aventuras.

Estudante de secundário durante o dia, blogger durante a noite. Uma apaixonada pela escrita de todo o tamanho. Pensadora nata. Eterna sonhadora.

Para muitos um livro aberto, para outros um mistério por resolver.

Intrigado? Fica por estes lados e talvez desvendes o mistério.

Apresentação Visual

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D