Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

A nostalgia de estar no Alentejo

Hey there!! Como sabem estou no Alentejo, vim passar o 70º aniversário do meu avô cá, neste momento falta pouco tempo para iniciar a viagem de 4 longas horas para o Porto, isto claro, enquanto durmo, mas neste caso vou estudar para o teste de ciências e estar verdadeiramente preparada para este teste.

No entanto, estar aqui, nesta terra, traz-me diversas memórias de quando era pequena, visto que ao longo de todos estes anos, eu vinha cá algumas vezes. Toda a gente que encontro me fala das crónicas da minha vida, uns relembram-se, outros contam-me coisas de que não me lembro. Ainda assim, as memórias que me preenchem neste momento são as das últimas férias que cá passei, as férias de verão.

Recordo-me das noites em que o meu avô via o football acompanhado de um copo de vinho branco e da sua vuvuzela, enquanto que eu e a minha avó nos sentavamos no terreno da casa, ou conversavamos simplesmente acerca de qualquer assunto aleatório ou ouviamos o Agir, ou mesmo, falavamos com as vizinhas que passavam do seu passeio pós-jantar.

Recordo-me dos longos passeios da tarde e da noite, o meu avô segurava sempre a lanterna, pelo caminho encontravamos a neta de uma amiga da minha avó, uma bebé bastante doce e simpática, que neste momento cresceu imenso.

Recordo-me do Trombinha, o cão de uma amiga da minha avó, que corria em direção a nós mal nos via e que caminhava um pouco connosco.

Recordo-me ainda das noites de conversa com o meu irmão e a minha cunhada, especialmente quando o meu irmão reclamava por ter que ficar para ter exame e eu ser a sortuda que ia logo de férias mal a escola terminava.

Recordo-me das visitas às vizinhas que tanto me adoram, são mulheres gentis e simpáticas que inclusive dizem que me vêem como família.

Recordo-me das tardes que passava na piscina a tentar bronzear, ou das vezes que me limitava a usar o soutien do biquini e os calções de ganga enquanto estava no computador lá fora à sombra.

Recordo-me das idas ao café todas as manhãs e a seguir ao almoço onde ou comia um gelado ou uma goma ou uma chiclet...

Recordo-me das idas às vilas, onde eu ia à esteticista ou à cabeleireira, inclusive conheci imensa gente que foi amiga da minha mãe...

Tudo isto me deixa nostálgica, uma das vizinhas está na França, as outras não as vi, as idas ao café, ver o crescimento das coisas... tenho recordações em todos estes locais que me viram crescer e que foram mudando ao longo dos anos, muitos chegaram a esta Aldeia, muitos infelizmente partiram, no entanto eu sempre cá voltei ano após ano, e espero continuar assim por imensos anos...

Quem está deste lado?

Uma adolescente com os seus consistentes 15 anos que sobrevive às adversidades do dia a dia, acompanhada do seu blog, onde conta as suas peripécias e aventuras.

Estudante de secundário durante o dia, blogger durante a noite. Uma apaixonada pela escrita de todo o tamanho. Pensadora nata. Eterna sonhadora.

Para muitos um livro aberto, para outros um mistério por resolver.

Intrigado? Fica por estes lados e talvez desvendes o mistério.

Apresentação Visual

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D