Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

Lost in a Cloud

Be simple. Be original. Be yourself.

Desisto!

Desisto! Ontem fui ao volleyball para ver se melhorava e descarregava alguma energia e raiva do que tem acontecido. Conclusão: Acabei ainda pior!

Fui treinar, os serviços por cima não davam, por baixo iam demasiado longe, até aí ok, mas fiquei mesmo chateada porque fui jogar contra um puto convencido que achava que sabia mais que todda a gente.

Fiz um remate perfeito e a treinadora marcou ponto para a outra equipa só porque queria que fosse só passe, e só me deixou jogar a sério com os outros mesmo no final, o que é injusto!

Com isto devia ter ficado era sossegada, que estava melhor! Nunca mais volto ao volleyball, fui ao curso da arbitragem e agora tenho de voltar a ir, estou farta!

 

#21 British Girl in School: Proposta

Hi everybody! Well, um dia cheio de surpresas já está, ou melhor, acho que ainda pode haver mais!

come back.jpg

 Eu creio que este dia está mais para um dia de oportunidades que outra coisa, mas pronto, vou ser direta!

Hoje de manhã a treinadora encontrou-me e propôs-me tornar-me árbitra e fazer um curso para arbitrar os jogos dos rapazes, eu disse-lhe que ia pensar, eu acho que vou aceitar, não é todos os dias que nos fazem propostas destas!

Basicamente eu jogo no feminino e arbitro no masculino, o que não era nada mal pensado! Não sei se vou aceitar ou não, mas é provável que o faça!

Depois eu ganhei um concurso, ou melhor, passei a 1ª fase e vou competir, é um concurso de soletração e eu estou mesmo ótimista em que isto vai correr bem!

Como foi o vosso dia hoje, muitas oportunidades também?

Diverti-me... mas não durou para sempre...

Well, ontem ainda fui ao treino de volley, não é que me apetecesse, mas pronto! Antes do treino eu e uns amigos meus estivemos a jogar todos contentes e felizes da vida, foi divertido! Pela primeira vez este ano jogamos como realmente queriamos e estavamos habituados, eu fartei-me de fazer serviços por cima (muito bem feitos, modestia à parte), remates, blocos e manchetes, assim como os meus amigos! Também joguei mal e alguns colegas de turma ainda me disseram "Para capitã de equipa não estás a jogar lá muito bem!", mas eu não me importei e disse "Isso é porque nunca me viram treinar a sério, além do mais isto é para divertir, não para fazer com rigor!".

Joguei finalmente e senti que tudo estava bem, rimo-nos muito, reclamamos muito e acima de tudo divertimo-nos muito sem ter aquela pressão em cima! O problema foi que não durou para sempre, a treinadora apareceu depois da hora chateada connosco porque não tínhamos ido para o lugar onde temos de a esperar (não sei onde é que isso está escrito, mas pronto) e para piorar eu e a Bárbara não estávamos equipadas e nem com a roupa adquada, estávamos apenas de calças de ganga e eu estava de camisola e casaco sportswear (tipo América, mas eu não sou namorado de nenhum rapaz desportista e não sou menina da claque).

Fui-me equipar e reclamava como sempre. O pior foi que quando começámos a jogar, só por não estar em posição base naquela jogada a treinadora ainda me teve coisas a dizer, e as minha companheiras, que nunca estão e daquela vez não estavam, a elas a treinadora não diz nada!

Eu só sei que a jogar lhe mandei umas 3 bolas (sem contar com as que ela se desviou) durante o treino. Pronto, foi mais um treino do qual eu detestei!

 

 

 

 

Estará na hora de desistir?

Bem, venho desabafar outra vez, sim porque ultimamente não faço mais nada, acho que já chego a aborrecer, mas pronto cá vai um novo.

Eu estou a pensar em desistir do volleyball, já não é a mesma coisa! Para mim jogar volleyball já não é divertido, a treinadora também não ajuda nada! Ela treinou "alta competição" como ela diz, e pior é que ainda me quer tornar numa profissional daquilo. Os meus pais querem que eu vá para o clube... mas eu não sei bem se quero continuar. O volley deixou de ser divertido, eu não me lembro da última vez que me diverti a jogar.

Agora não consigo servir tão bem e os serviços que faço são do tipo "baldas" e quando deixo de render e mando a bola contra a rede ele põe-se a dar-me um raspanete, não estou para a aturar!

No meu lugar que fariam?

 

Quem está deste lado?

Uma adolescente com os seus consistentes 15 anos que sobrevive às adversidades do dia a dia, acompanhada do seu blog, onde conta as suas peripécias e aventuras.

Estudante de secundário durante o dia, blogger durante a noite. Uma apaixonada pela escrita de todo o tamanho. Pensadora nata. Eterna sonhadora.

Para muitos um livro aberto, para outros um mistério por resolver.

Intrigado? Fica por estes lados e talvez desvendes o mistério.

Apresentação Visual

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D